23 março 2006

PARA AQUELES QUE NÃO ENTENDEM POR QUE SOU LULA

Este depoimento esta reproduzido da forma que recebi.

DEPOIMENTO DE MARCOS VALÉRIO MANNARINO LOURES

HOJE, DIA 23 DE MARÇO, PRESENCIEI UM DOS MOMENTOS MAIS EMOCIONANTES QUE VIVI, EM TERMOS DE VIDA E DE PERCEPÇÃO POLÍTICA.
ESTAVA TRABALHANDO EM IBITIRANA -ES, CIDADE PEQUENA E CONSERVADORA, AO ATENDER UM JOVEM COM PARALISIA CEREBRAL, HEMIPLEGIA A DIREITA, OU SEJA, DIMINUIÇÃO DOS MOVIMENTOS DOS MEMBROS SUPERIOR E INFERIOR A DIREITA, 13 ANOS DE IDADE, CURSANDO A QUINTA SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL, ACOMPANHADO DO PAI, UM SENHOR LAVRADOR DE 77 ANOS DE IDADE; QUANDO CONVERSAMOS SOBRE POLÍTICA, SOBRE A POSSIBILIDADE DESSE MENINO, CUJO FUTURO COMO LAVRADOR, A VIDA INVIABILIZOU MAS, COM SUA CAPACIDADE INTELECTUAL PRESERVADA, CONTINUA A ESTUDAR E BATALHAR POR UM FUTURO DIGNO; O VELHO PAI, ME DISSE UMA COISA QUE ME TOCOU PROFUNDAMENTE, DEMONSTRANDO SEU VOTO NO LULA, ALEGANDO QUE O FILHO PODERIA ESTUDAR, QUE NA SUA VIDA, SOFRIDA, DE AGRICULTOR, NUNCA TINHA VISTO ALGUM PRESIDENTE TRATAR O POBRE COM TANTA DIGNIDADE. QUE SEU FILHO, POBRE E DEFICIENTE, PODERIA, TALVEZ UM DIA, SER ATÉ PRESIDENTE DA REPÚBLICA. BELO SONHO, QUE CADA VEZ MAIS SE APROXIMA DA REALIDADE PARA ESSA CAMADA SOFRIDA DA NOSSA POPULAÇÃO.
SEU FILHO, COM O SORRISO NOS LÁBIOS, E O ORGULHO NO PEITO, ME DISSE DA VONTADE DE ESTUDAR, DE FAZER UM CURSO SUPERIOR, NÃO COMO UM SONHO IMPOSSÍVEL, MAS COMO UMA REALIDADE CADA VEZ MAIS PRÓXIMA.
ANTES, TINHA CONVERSADO COM UM MÉDICO, COLEGA MEU, CINQUENTÃO, QUE TERMINOU A FACULDADE DE MEDICINA HÁ 1 ANO, TRABALHANDO POR VÁRIOS ANOS COMO AUXILIAR E TÉCNICO DE ENFERMAGEM, TENDO ESTUDADO DE DIA E TRABALHADO ARDUAMENTE DE NOITE PRA PAGAR A FACULDADE, FEITA EM ITAPERUNA -RJ, E ELE ME DISSE A MESMA COISA, QUE SEU VOTO SERÁ NO LULA, POR QUE, SOMENTE AS PESSOAS QUE PASSARAM PELAS DIFICULDADES COMO ELE, SABERIAM VALORIZAR A OPORTUNIDADE DADA A NOSSA GENTE HUMILDE, GENTE QUE, COM A HONRA REESTABELECIDA PELO TRABALHO E PELO ESTUDO, NUNCA MAIS DARÁ VONTADE DE CHORAR... SEUS FILHOS SEGUNDO MEU QUERIDO ALCEMAR, TERÃO COM CERTEZA UM MUNDO MELHOR, E É ESSA NOSSA BANDEIRA.

7 comentários:

Miriam Leitão disse...

Políticos e jornalistas perguntaram ao ministro Antonio Palocci se ele processaria o seu ex-assessor Rogério Buratti. Sua resposta foi que jamais processaria alguém enquanto fosse ministro, porque não usaria o poder do cargo que ocupa contra um cidadão ou um jornalista. No caso Francenildo, o governo Lula faz muito pior: está usando todo o poder do Estado contra o cidadão. Isso é inadmissível na democracia, mas previsível no governo Lula.

O que está se passando com o caseiro, que acusa o ministro Palocci de mentir quando diz que não esteve na casa do lobby, é o uso grosseiro, abusivo e inconstitucional do aparelho do Estado pelo governo para servir a seus propósitos de obstruir a apuração dos fatos.

Ontem o governo escalou e emitiu sinais de que está usando a Caixa, o Coaf e a Polícia Federal para acuar a testemunha. O Coaf investiga as grandes movimentações financeiras. É informado automaticamente apenas de saques acima de R$ 100 mil. Os valores da conta de Francenildo são abaixo disso.

Encurralado, o governo primeiro pôs em prática a manobra protelatória, mentindo sobre a agilidade da Caixa Econômica Federal de encontrar os dados que permitirão o rastreamento do crime. Os bancos brasileiros fizeram grandes investimentos em informática. Todos os bancos, mesmo os estatais, que foram mais lentos nesse processo. Só com pesados investimentos em tecnologia de informação um banco sobrevive no mercado financeiro sofisticado de hoje. Portanto a hipótese levantada inicialmente, hoje totalmente desmascarada, de que precisava de tempo para buscar a informação é falsa. Visava a dar tempo à Caixa, onde o presidente, Jorge Mattoso, arrumava tranqüilamente as malas, certo da impunidade, para ir ao Japão. Quando o tempo fechou em Brasília, ele decidiu não decolar.

O segundo passo da tentativa de escapar ileso do crime cometido é o governo entregar uma “cabeça” aos políticos e à opinião pública. Não ajuda muito. O caso revela a sem-cerimônia com que o governo Lula se apossou do Estado, como se fosse seu protetorado e capitania. O governo do PT tem mostrado uma crônica incapacidade de enxergar a fronteira entre público e privado; entre Estado e governo.

O filho do presidente convida os amigos para férias por conta do erário. Os amigos viajam em avião da FAB e usam o Palácio Alvorada como resort. Quando o governo foi questionado pela imprensa, o presidente determinou que ninguém falasse sobre o assunto, nem mesmo a FAB, e reagiu indignado como se sua privacidade estivesse sendo invadida.

Os limites da privacidade de uma pessoa que ocupa um cargo público são diferentes de uma que não está a serviço do governo. Interessa saber, não os segredos pessoais, mas até que ponto o interesse público foi atingido. O ministro Palocci não pode reclamar de privacidade para proteger a informação sobre se ele foi ou não à casa do lobby montada por seus ex-assessores e amigos. Como ministro da Fazenda, com os poderes que tem, ele não pode ir a uma casa suspeita como aquela; qualquer que tenha sido a sua motivação. Não há como separar o público e o privado no caso. Simplesmente um ministro não pode freqüentar local onde secretamente se faz lobby.

Quando aparelhou todos os órgãos públicos, indicando pessoas sem qualquer capacidade para grande parte dos cargos da máquina pública; quando permitiu que dirigentes do PT usassem as instalações do Palácio do Planalto como se fossem propriedade petista; quando transformou a auto-suficiência de petróleo, conquistada por cinco séculos de esforço nacional, em campanha da atual gestão e em ano eleitoral, o governo Lula estava mostrando que não sabe diferenciar Estado de governo.

O governo Lula foi um retrocesso em inúmeros processos de aperfeiçoamento que o país vinha conquistando nos últimos tempos. O uso das agências como cabide de emprego de políticos sem mandato representou um enorme prejuízo em termos de avanço regulatório. No caso do petróleo, em que uma empresa é praticamente detentora de monopólio, a independência da ANP era fundamental para que a regulação fosse cumprida. Hoje, que poder teria a agência para impor qualquer limitação à poderosa estatal?

O caso Francenildo é o mais grave, o mais grosseiro, dos desrespeitos às fronteiras institucionais. Mas, quando era oposição, como bem lembrou ontem Tereza Cruvinel, o PT se aproveitava de informações que certos militantes dentro dos bancos passavam para o partido.

Certa vez, numa coluna que jamais esqueci, o nosso mestre Castelinho usou a expressão “imprecisos limites éticos” para se referir à equipe econômica do governo Collor, naquela época, sob denúncias de uso do dinheiro de PC Farias. Esta mesma imprecisão se alastrou no atual governo, contaminou a base partidária e deteriora as instituições brasileiras como a máxima do “fiz, mas quem não faz?” que parece imperar no governo.

Os deputados mensaleiros estão escapando desta ilesos, bastando, para isso, dizer que o dinheiro foi usado para o pagamento de contas de campanha. Isso é uma descarada forma de legalizar o caixa dois, aquilo que Lula afirma ser feito sistematicamente no país. Um político que recebe dinheiro em espécie, sem origem conhecida, de uma empresa de publicidade que presta serviços ao governo, e, além disso, não declarava o valor recebido à Justiça Eleitoral, é perdoado se usou o dinheiro para pagar dívidas de campanha. Isso cria então a lavanderia oficial do dinheiro sujo.

O que está acontecendo com o caseiro Nildo é uma perturbação inaceitável do estado de direito, um desrespeito aos direitos individuais. Não é mero evento da campanha eleitoral, como os petistas afirmam. É o governo usando o Estado para ameaçar um cidadão. A democracia não tolera um fato assim.

Vera disse...

Lamentavel a colocacao que voce usou.
E o governo usando o Estado para ameacar um cidadao. Quer dizer que ja provaram que foi o governo?????
Parabens, voces julgaram, condenaram como sempre o fazem.
So posso questionar mais uma coisa. Que sorte do Governo que o Francenildo tem conta na caixa ne????? Afinal se voce nos Bradescos da vida, seria mais dificil de incriminar o Palocci.

Fabricio disse...

Você jura que não acha?

Infelizmente, na ânsia de querer achar que os petistas fazem parte de uma casta privilegiada, de santos, você e muitos outros se deixam levar pela farsa que é este governo.

Um governo que age como o Politburo soviético, que quer esconder, maquiar, controlar as informações. Felizmente, não consegue sempre.

Vera disse...

Fabricio, todos nos somos viaveis de erros, mas nao podemos condenar antes de tudo ser apurado. Voce alguma vez na vida ja passou por algo semelhante????
Voce pode nao querer enxergar, mas o Lula tem feito coisas maravilhosas pela populacao carente. E eu falo por experiencia propria. E nao vou entrar no merito da questao. Afinal nos meu 44 anos, acho que conheco um pouco da vida. Alem de hoje nao dependermos mais do FMI, nossa divida foi paga. A historia ira falar por si so. Espero que possamos conversar depois de tudo isso.

Fabricio disse...

Será um prazer, Vera. Mas gostaria de saber que maravilhas são essas.

Apenas alguns pontos:

- Neste governo surgiu um dos maiores escândalos de corrupção que se tem notícia, o famigerado mensalão;

- durante o governo Lula, o Brasil cresceu abaixo de quase todos os países da América Latina. Só ficamos melhores que o Haiti. Mas o Haiti, bem, você sabe;

- Nos quase 4 anos de governo do PT, o lucro dos bancos privados foi maior que nos 8 anos do governo FHC;

- neste governo, menos de 38%, segundo a última PNAD, das crianças de zero a seis anos estavam matriculadas em alguma modalidade de ensino, para ficar num dos muitos exemplos;

Estes são apenas alguns dos exemplos de que o governo Lula está MUITO distante de ser um governo aceitável. Como os outros não foram e como o próximo, seja ele do PT, do PSDB ou de sei lá quem, não será.

De uns anos pra cá, política virou torcida. Cada um torce pro seu time, não importa o perna de pau que esteja em campo. E enquanto os "torcedores" ficam na arquibancada ficam na arquibancada se xingando, os pernas de pau ficam lá, no campo, fingindo que são bons.

Vera disse...

Fabricio,
Enquanto voce ficar lendo apenas aquilo que simplesmente sai na midia, e num copy cola na sua cabeca, voce nao vai conseguir. Voce tem acesso a internet, o que a maioria da populacao nao tem ainda (mas vai ter, pesquise sobre isso tambem)
e voce achara numeros maravilhosos. Va a midia internacional tambem.... lamentavel e ouvir voce repetir as mesmas coisas que os jornais postam repetidamente e o que os tucanos colocam na internet. Nao quero que voce saia daqui colando o que estou dizendo, quero que voce faca a sua analise, com dados de todas os meios que voce conseguir.
Ai conversaremos novamente. Eu sempre coloco aqui para as pessoas se questionarem, nao pretendo impor a voce a sua decisao.

Fabricio disse...

Peço uma gentileza, então, na tentativa de me esclarecer acerca de coisas que, segundo você, eu não sei.

- Não há esquema de corrupção no Governo? Marcos Valério não existe? Pq o Dirceu saiu do ministério? Pq o Genoíno sumiu? Que dinheirama é essa sacada por deputados na boca do caixa?

- Quais são as taxas de crescimento do países da AL desde o ano de 2003?

- Qual foi o lucro declarado pelos bancos privados ano a ano desde 1994?

- Qual é o percentual de crianças de 0 a 6 anos matriculadas em instituições de ensino?

Tenho certeza de que, como pessoa bem informada que você deve ser, Vera, poderá me passar essas informações sem problema nenhum.